Visite o Museu do Colono

O Museu do Colono está localizado no sítio histórico de Santa Leopoldina, na região central serrana do Espírito Santo.  Construído em 1877 para abrigar a família Holzmeister, foi adquirido pelo governo do estado em 1969 e tombada como patrimônio estadual pela Resolução nº. 05, de 30 de julho de 1983. Após a aquisição pelo governo do estado, a edificação passou por duas grandes restaurações: a primeira no ano de 1994 e outra em 2006. A primeira restauração resultou na abertura da Galeria Alice Holzmeister, no andar térreo, criando um espaço para abrigar exposições e outras atividades abertas à participação da comunidade. Na segunda restauração houve descupinização e troca de madeiras irrecuperáveis, inclusive no telhado do Casarão, além de reforço na estrutura de sustentação do assoalho do segundo piso.

Embora tenha sido denominado Museu do Colono, este espaço não representa a realidade vivida por todos os colonos/imigrantes do estado. O Casarão da Família Holzmeister, no pavimento superior do Museu do Colono é preservado como um registro histórico de como vivia o imigrante europeu rico, reproduzindo o ambiente residencial da família Holzmeister, com mobiliário, utensílios, objetos decorativos, obras de arte, livros, documentos particulares, escrituras, cartas, bilhetes, cartões. Atualmente o acervo do museu conta com cerca de 600 peças.

A família Holzmeister veio da Áustria em 1859 e foi uma das primeiras a povoar o município de Santa Leopoldina. Luiz Holzmeister, o idealizador do museu, foi o primeiro promotor do lugarejo e prefeito de Santa Leopoldina de 1916 a 1918. Os objetos que constituem a coleção do museu-casa foram preservados por ele. O visitante pode conhecer o Casarão da Família Holzmeister em visita guiada, de quarta a domingo.

O Casarão da Família Holzmeister recebe cerca de quatro mil visitantes por ano, entre estudantes e turistas. Além das visitas guiadas ao Casarão, o Museu do Colono realiza exposições temporárias na Galeria Alice Holzmeister e mantém ações educativas no espaço térreo. Uma das atividades com maior participação da comunidade atualmente são as aulas de música.  O Núcleo de Violões, criado em 2015, com instrutor credenciado pela Faculdade de Música do Espírito Santo tem participação de mais de cento e quarenta pessoas da comunidade. Projeto democrático de inclusão através da música, atende a crianças, adolescentes, adultos e idosos. Além do Núcleo de Violões, a Secult mantém em funcionamento no Museu dois projetos importantes: a Roda de Leitura, projeto de estímulo a leitura com participação de crianças e adolescentes e o Projeto Imigrantes, uma parceria com o Arquivo Público Estadual que permite aos descendentes de imigrantes da região central serrana obter informações sobre suas origens, por meio do acesso a um banco de dados digital que gera um documento chamado Registro de Entrada do Imigrante, com dados precisos da chegada do imigrante ao Brasil. Além de pesquisa contínua necessária, a base de dados do Projeto Imigrantes é constantemente alimentada com informações trazidas por familiares dos imigrantes que  e ajudam a aperfeiçoar o serviço.

Com o funcionamento desses projetos o Museu do Colono dá o passo inicial para deixar de ser um espaço de depósito de memórias e se tornar o lugar do encontro e do diálogo aberto com as comunidades descendentes de imigrantes.  A partir dessa aproximação, será possível modificar as relações entre a comunidade e o museu, tendo em vista que a Missão do Museu do Colono é:

 “Preservar, pesquisar e fomentar a valorização da memória e da identidade dos colonos de Santa Leopoldina através da ambientação do museu ­casa, baseado na história do município e da família Holzmeister.”

 

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: